PhonePara informações ou marcação de consultas ligue: (92) 3233-9037 ou (92) 9139-7940
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • Flickr
  • Youtube
  • RSS Feed

 

Úlceras (Varicosas) nas pernas

Também chamada de “úlcera de estase”, ou “úlcera flebostática”, é a principal causa de feridas nas pernas, chegando a 75% do total de feridas, em geral. Sua incidência chega de 0,06 a 1,5% da população.

O sintoma mais frequente da lesão ulcerosa é a dor, que não tem relação com o tamanho da úlcera, piorando quando com as pernas para baixo (posição ortostática - sentado ou em pé) e melhorando quando em repouso com as pernas elevadas e a produção de liquídos exudativos (secreção) que incomodam em muito os pacientes. Diante disto, observamos que o repouso com as pernas elevadas é fundamental para a mais rápida cicatrização das lesões ulcerosas de características varicosas, já que também diminui a retenção do sangue nas pernas, diminuindo também, consideravelmente, o inchaço um dos perpetuadores da mesma (bem como da secreção). Podem ser únicas ou múltiplas, mas geralmente localizada no lado medial do tornozelo (região maleolar interna).

No tratamento, deve-se evitar a imobilidade, procurando movimentar a articulação do pé com a perna (tíbio-társica) e contração e relaxamento (exercícios) da panturrilha que favorece a circulação do sangue; higienizar os pés; alternar ambulação (andar) com o repouso com as pernas elevadas; uso de sapatos de saltos médios (3 a 5 cm). O curativo deve ter o acompanhamento médico e este pode ser realizado diariamente com limpeza utilizando substâncias que não agridam o tecido em formação ou uso de outros curativos da indústria farmacêutica com ação desbridante, que diminuam a quantidade de secreção produzida pela lesão, ou mesmo oclusivos (fechados) com bandagens de contenção. É necessário, na maioria dos casos, o uso de antibióticos, antiinflamatórios, antivaricosos etc., mas sempre com o acompanhamento regular de um médico. Deve-se evitar medidas ou produtos de origem caseira, que muitas vezes podem aumentar a lesão ulcerosa piorando o quadro.

Em muitos casos há a necessidade do tratamento cirúrgico quando existe uma causa que pode ser resolvida com a cirurgia, sendo necessária à realização de exames específicos, os quais serão estabelecidos, bem como o momento da sua realização, pelo profissional competente.

A lesão ulcerosa pode se instalar insidiosa ou muito rapidamente, por isso, é importante que qualquer lesão (ferimento) que tenha dificuldade de cicatrizar, ou existindo uma doença de base como varizes, que o profissional médico seja procurado tão logo possível, para que as medidas visando a cicatrização sejam logo estabelecidas e sua cura seja em menor tempo. Toda destruição é rápida e toda construção é lenta, por isso a abertura de uma úlcera pode ser em poucos dias, porém sua cicatrização pode levar semanas ou meses.

Fonte: Jornal Condomínios Em Foco

.

.

.

Saiba mais sobre Cirurgia de Varises Com Laser

Quando o tratamento de varizes a laser é indicado?

O tratamento de Cirurgia a Laser é mais indicado quando as veias doentes são as tronculares e as veias safenadas.

.

O pós-operatório da cirurgia de varizes a laser exige, em média, repouso de apenas 3 dias, podendo o paciente retomar as atividades normais após avaliação médica.

saiba mais

Saiba mais